Linhas de pesquisa

Área de Concentração: Linguagens: práticas e contextos

 

Linha 1: Leitura, Literatura e Identidades

 

A produção de conhecimento que articule Leitura, Literatura e Identidades desafia os pesquisadores para enfrentar, de imediato, a problemática de natureza epistemológica que sustentou historicamente uma produção hoje consagrada e legitimada pelo campo da literatura. Ao lado desse enfrentamento, deve fazer emergir deslocamentos de discursos que acolham a diversidade de produções que estiveram à margem do que a estética da modernidade definiu como literário e artístico. Nessa perspectiva, as atividades de leitura/recepção ocupam um espaço privilegiado de reconhecimento da multiplicidade de expressões identitárias, que trazem as marcas das suas fronteiras e dos trânsitos que operam no processo de alteridade. Por essa lente, a linha de pesquisa em Leitura, Literatura e Identidades privilegia o estudo das produções literárias e produções de linguagens marginadas e desqualificadas em relação às práticas culturais hegemônicas. Investiga as trajetórias de leitura numa perspectiva sociológica, das representações e estética da recepção.

 

Linha 2: Linguagens, Discurso e Sociedade

 

O desafio posto para produzir conhecimento que relacione Linguagens, Discurso e Sociedade implica na problematização dos pressupostos clássicos sobre a relação entre língua, linguagem e discurso e aponta pistas para o avanço da compreensão dessa complexa relação, que não se restringe a transmissão de mensagens, mas, sobretudo, passa pela via do controle, seleção e reorganização do poder na sociedade. Posto assim, esta linha de pesquisa contempla projetos na área de estudos retóricos e processos argumentativos, na perspectiva da análise do discurso, das práticas discursivas e diversidade lingüística, tendo como horizonte comum a visão de linguagem como uma prática que envolve atores sociais, em interação discursiva, e o grupo a que pertencem.